30 maio 2015

Um pouco sobre anime – [Público alvo]


(Como não amar essa fanart de dois animes com uma temática tão semelhante? Mondaiji Tachi ga Isekai sou kuru desu Yo? e No Game No Life ambos seinen)

Olá jujubinhas como estão? Já faz um tempo que não faço uma postagem mais séria com o objetivo de informar, são só tags e coisas aleatórias, por isso hoje eu irei fazer uma postagem mais completinha sobre animes (•̀ᴗ•́)و ̑̑ Yey!!
A bola da vez são os públicos demográficos, e se essa postagem for bem aceita então eu posso falar de outros aspectos dos animes em postagens futuras, isso depende só de vocês, então vamos lá? \o


 
Shoujo.
(Kimi ni Todoke)

Shoujo é o termo que indica animes, mangás e light novels direcionadas ao público feminino, em especial garotas (em termo de idade pré-adolescentes/adolescentes, algo entre 10 e 16~18 anos).
 Geralmente animes e mangás que se enquadram em shoujo tem o foco em histórias suaves com romance, assuntos relacionados a relações e emoções humanas, força pessoal, superação, amizades, mela mela desnecessário e coisas do gênero.
Shoujo é comumente confundido com seinen, isso porque animes que se enquadram em ambos os alvos possuem características semelhantes que confundem muitas pessoas, mas isso eu irei citar lá no final da postagem quando eu estiver falando sobre seinen.
Como sabemos se um mangá, anime ou light novel é Shoujo?
Uma maneira bem simples é descobrir em que revista o mangá foi publicado, isso porque lá no japão existem revistas de mangás direcionadas á um público demográfico determinado. Algumas revistas Shoujo:
LaLa – Kaichou wa Maid-Sama!, Vampire Knight, Ouran Higschool Host Club
Hana To Yume – Angel Sanctuary, Fruits Basket, Skip Beat!, Gakuen Alice, Kamisama Kiss.
Bessatsu Margaret – Lovely complex, Aoharaido, Itazura na Kiss.

** Shiro sobre Shoujo**
Honestamente shoujo não é o “gênero” que eu mais leio/assisto, “aah mas porque?”, simples, eu tenho maior familiaridade com seinen, mas isso não quer dizer que eu não goste de shoujo, na verdade shoujo sempre vai ser o meu favorito independente dos pontos negativos, que por sinal são muitos, mas que eu neutralizo.
Falando em pontos negativos que eu vejo em shoujo um deles que é o que mais me incomoda é o fato de shoujo ser muito sexista.
 Aah mas como assim sexista?
Bom, boa parte, não todos, mas uma grande maioria dos shoujos são extremamente apegados ao papel dos gêneros, ou seja, o garoto é o cara legal, cool, popular, fucking dahora, e a garota é uma menininha normal, que sabe cozinhar e é inteligente.. 
Tão entendendo o que eu quero dizer? Não é questão de feminismo ou não feminismo até porque eu não apoio o movimento feminista atual e esse não é o assunto da postagem, o problema é que eu realmente não gosto de coisas que colocam a personagem feminina como o centro equilibrado do universo, inteligente, culta, recatada e colocam o personagem masculino como o fucking loko dahorão que a personagem feminina fica correndo atrás que nem uma cachorrinha, um exemplo é Itazura na Kiss, é bonitinho? É ! Mas se vocês tivessem noção de como esse anime me irritou vocês se assustariam!!
Porém eu relevo esse ponto, até porque a mídia é uma lavagem cerebral, e o japão é um pais cheio de princípios, moralismo e sexismo, logo eles vão colocar isso na cabeça das meninas logo cedo, e como farão isso? Com os mangás shoujo!
 
Shounen
(Fairy Tail)


Esse segundo gênero é o grande oposto do shoujo, shounen é como são classificados animes, mangás e derivados direcionados ao público masculino infanto juvenil, diferente da calmaria cotidiana do shoujo o shounen é sempre bem agitado, geralmente com histórias longas e complexas, e uma das características mais marcantes dos animes shounens são as lutas, coisa raramente vista em shoujo, e que impera no reino shounen.
Porém vale lembrar que anime shounen não é apenas pancadaria gratuita, muito pelo contrário, em anime shounen outro ponto muito importante são questões de amizade, fidelidade e honra, coisa que assim como eu citei lá em cima no shoujo, faz parte da cultura japonesa.
Uma das revistas de shounen mais famosas (senão a de mangás mais famosa) é a Shounen Jump (Weekly Shounen Jump para os menos intímos hehe) , e é de lá que vem diversos títulos extremamente famosos como Death Note, Claymore, Bakuman, Shaman King, Dragon Ball, Toriko, Yu Yu Hakusho, One Piece, Naruto, entre outros.

**Shiro sobre Shounen**
Bem, eu sou meio suspeita para falar de shounen, porque cara, eu adoro muito animes shounen, e isso vai de um Fairy Tail da vida até um HOTD , eu poderia falar do sexismo do shounen: Meninas gostosas e gatas ôô termo viu.. . peitudas, e coisas do tipo... Porém, isso não vem ao caso no shounen, isso porque tem tudo isso sim, até em alguns casos uma certa objetificação femina (isso sem falar do lance cultural), porém, é no anime shounen, em sua grande maioria que você vai encontrar personagens realmente Girl Power, que não são apenas pedras inúteis no caminho como no shoujo lalalala~. É no shounen que tu acha aquela personagem feminina forte, determinada e independente (não que em shoujo não tenha, Kaichow wa Maid Sama! Que o diga, a Misaki é 100% girl power, apesar de ter seus momentos né eue... Sailor moon tbm, mas o que eu quero dizer, tentando não causar controvérsia, é que isso não tem em boa parte dos shoujos e tem em boa parte dos shounens). E eu particularmente amo personagens femininas fortes, independentes com boa personalidade e que representam o sexo sem perder a feminilidade.
Mas em contrapartida, se tem algo que me incomoda demais nos shounens é o excesso de protagonismo dos personagens masculinos, que em muitos casos chega a ser apelativo e sem graça. E outro ponto negativo, e que existe, principalmente nos animes ecchi, são os enredos e personagens extremamente infantis e rasos, e até mesmo os não ecchi podem ser assim (do mesmo jeito que tem ecchi bom pra caramba, HOTD e To Love Ru representam essa parcela), um exemplo na minha opinião é Sword Art Online me matem e me odeiem agora eue  , que tinha tudo para ter uma boa história mas que na verdade tem um enredo bem raso e infantil.

Josei

( Princess Jellyfish ou Kuragehime)

O josei, nós podemos chamar carinhosamente de “irmã mais velha do shoujo”, mas porque isso?
Lembram que eu disse algo sobre idade lá no comecinho da postagem? Então, Shoujo e Shounen são feitos para um público infanto juvenil (10-16~18 anos), e logo para não deixar as pessoas mais velhas de fora, também existem animes e mangás direcionados aos públicos mais velhos, no caso Josei e Seinen, sendo que Josei é a irmã mais velha do shoujo.
Diferente do shoujo, é no josei em que encontramos histórias, muitas vezes relacionadas ao mundo feminino tratadas de maneira madura, complexa e principalmente realista, logo diferente dos shoujos  que tem um foco em romances idealizados e até mesmo surreais o josei trata dos assuntos da vida com um tom bem realista, e sejam esses assuntos romance, relações humanas ou política.
Quando eu falo em josei, eu adoro recomendar as minhas duas obras favoritas, foram os primeiros josei que eu assisti (tinha uns 14 anos por ai) e me apaixonei logo de cara, que são Nana e Paradise Kiss, ambos são da Ai Yazawa, por isso você vai ver bastante semelhança entre os personagens e o enredo. O que eu mais gosto é que ambas as histórias dão um certo choque de realidade na gente.
Paradise Kiss fala sobre uma estudante que é achada por um grupo de estudantes de moda e  é chamada para ser modelo deles, porém no meio de tudo isso a Yukari (ou Caroline) passa por dezenas de problemas, nos estudos, com a mãe, e com a sua nova paixão George um dos estudantes de moda. A essencia da história é ver como a Yukari amadureceu após conhecer o George e os outros colegas dele, como ela acabou se dando mal em vários momentos por ir contra a família e coisas do tipo.
Nana conta a história de duas garotas chamadas Nana que graças a uma coincidência foram morar juntas, uma é vocalista de uma banda punk, abandonada pelos pais, e cheia de problemas, e outra uma garota de família, mimada e incosequênte. Nana já tem uma história mais madura do que ParaKiss, trata de assuntos mais complexos como drogas e relações humanas, mas ainda assim é um anime/mangá e tanto principalmente pra essas guriazinhas aí com fogo no tobas e iludidas.
E outro ponto que merece ser destacado, e que em Josei é bem comum você se deparar com assuntos ou cenas de teor sexual, porém é claro não é como em um hentai (mas aquela cena da Nana e do Ren na banheira *aquela carinha* hahahaha)
**Shiro sobre Josei**
Não tem Shiro sobre josei porque eu já falei tudo o que eu queria sobre o gênero!

Seinen
(Chuu2byou demo Koi ga Shitai)

E agora, para fechar com chave de ouro vamos falar sobre seinen o irmão mais velho do shounen, muitas vezes confundido com shoujo, e com fofura e moe para dar e vender!
~Agora vou levar em uma onda diferente~
Sabe aquele anime fofinho, cheio de garotinhas, com uma história leve e doce, ou com um romance empolgante que enche nossos corações e nossos olhos de lágrimas? K-on, Acchi Kocchi, Toradora, e derivados que todo mundo chama de shoujo? Então eles são parte do vasto e empolgante mundo do seinen, onde o mais puro pode ser o mais sujo *aquela carinha*
Bem cá estamos no nosso seinen, e quem seria ele? Animes feito para homens, sim, não meninos, não meninas e sim homens “aah mas homem que é homem não vê anime de garotinhas em um clube de música” imaginem alguém dizendo isso em uma voz engraçada okay? Pois quem diz isso não conhece como a mídia japonesa masculina funciona, se os garotos mais novos gostam de oppais, e ecchi com moças sexys, os homens gostam de uma apelação na mídia mais sutíl, afinal os seinens tem ecchi sim, mas como eu disse antes o que reina neste reino é o Moe, e o que seria moe?
Basicamente Moe é uma característica encontrada em personagens de anime e mangá, e essa característica consiste em uma extrema fofura, o que desperta no publico um instinto protetor e de extremo amor já ouvi paternidade no lugar desse meu "extremo amor" então sabem aquela personagem fofinha, bonitinha com roupas cheias de lacinhos e um jeito super meigo? Então, ela faz parte do fenômeno Moe, e isso não existe só na mídia 2D.
Esse moe também está ligado diretamente ás nossas amadas e famosas lolis “aah eu não gosto de loli” eu aposto, que existe nem que seja uma única personagem loli que tu adore, afinal quem não ama a Taiga? A nossa loli tsundere que dá vontade de morder? vemk sua linda <3
E loli está diretamente ligado aos fetiches sexuais japoneses, mas como essa não é uma postagem sobre o conteúdo NFSW japonês, pararemos aqui de falar sobre o moe nos animes seinens se é que me entendem *aquela carinha again*
Características extremamente comuns em seinens é que existe uma vasta quantidade de animes para esse público que se enquadram em Slice of Life, Mahou Shoujo, romance, aventura, sci-fi, enttre outros.. E ultimamente, Idol tem se tornado um gênero bem popular encontrado nos seinens (Love Live, AKB0048, Idolm@aster, entre outros).
Apesar de todo o contesto NSFW dos seinens, eles possuem também o seu lado dourado, que é o lado em que nós encontramos magnificas histórias, sejam nos mais simples slice of life (Toradora que o diga), até os mais complexos dramas (dos atuais recomendo Shin Sekai Yori), isso sem contar que apesar de todos os digamos assim, pontos negativos, os seinens tem o seu lado maduro e complexo, com animes realmente focados em temas mais sérios e que rendem reflexões sobre os mais variados assuntos.


Claro que o mundo dos públicos demográficos dos animes e mangás não é apenas isso que eu citei, eu recomendo que quem se interessou vá procurar mais á fundo, até porque o que foi feito aqui foi um simples resumo sobre os principais públicos demográficos da mídia japonesa, e eu acabei dando mais minha opinião do que informando x...x, mas eu realmente espero que tenham gostado da postagem, se vocês acharam que faltou algo comentem aqui em baixo nos comentários, sugestões, opiniões e coisas do gênero também são super bem aceitas!!

Até a próxima pessoal \o
(são 3:30 da madrugada, sinto, só sinto que já deveria estar dormindo)


6 comentários:

  1. Oi Aiko :3

    você provavelmente não se lembra de mim,mas sou eu a Érica dona do blog agora fechado Otaku Girl eu felizmente achei essa sua postagem \o/
    Adoro seus blogs :3 e adorei também seu cosplay de Shiro :3

    Meus estilos favoritos de Animes Citados ali em cima são

    Seinen,Josei e Shounen mas também tenho um grande Agrado por Ecchi :v

    Beijos :*

    http://www.criatividadesem.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Omg claro que lembro de tí Éri-chan <3 Quanto tempo e que sdds ;u;
      Fico feliz por ter achado minha postagem, mais feliz ainda por ter gostado dela, e hiper mais feliz por adorar meus blogs e meu cosplay de Shiro <3

      Seinen principalmente é vida XD <3
      Chuu~ :*

      Excluir
  2. O lado ruim do Japão: essas regrinhas de que as mulheres (e meninas) precisam ser fofinhas, bonitinhas, sempre sorridentes e submissas e agindo como se fossem crianças confusas. É até meio pedofilo isso...
    Depois da minha cara amiga-companheira-de-blog me empurrar um monte de animes pra assistir, entrei nessa e estou adorando. Agora é tarde pra voltar atrás (>u<)

    http://so-eu-me-entendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem contar que é absurdamente estranho, mas fazer o que né, isso é algo tão enraizado na cultura que não tem nem mais volta :<
      Aah esse universo é fantástico *O* Fico feliz por ter gostado e entrado nessa, é sempre bom ver coisas novas e talz *¬*

      Kissesn :*

      Excluir
  3. Esqueci de mencionar: seu cabelo é ma-ra-vi-lho-so (*---*)

    ResponderExcluir